0

Confira como a telerradiologia contribui com o controle de saúde de pacientes de todo o país e os principais exames que realizamos para diagnóstico e controle de Coronavírus

Em tempos de Coronavírus, a telessaúde segue conquistando espaço e a confiança dos profissionais da saúde, que têm em suas ferramentas digitais a possibilidade de acelerar diagnósticos e iniciar, em poucos instantes, o controle adequado dos sintomas de pacientes de qualquer lugar do Brasil.

Por meio da telerradiologia – um dos braços da telemedicina – é possível realizar o envio de imagens médicas para que os laudos dos exames sejam realizados por um especialista a distância. Assim, radiologistas e demais médicos que laudam exames podem realizar seu trabalho de forma remota, pela internet, a partir de plataformas de telelaudos como o Laudo24hs, entregando para pacientes, hospitais e clínicas um atendimento ultrarrápido, especializado e de olhar atento.

Tempo é algo extremamente importante quando se trata do diagnóstico de Covid-19, em busca de uma ágil abordagem clínica para controle da doença. Entretanto, apesar dos laudos remotos serem um tema amplamente comentado atualmente, a modalidade foi aprovada pelo Conselho Federal de Medicina em 2002, na Resolução nº 1.643/2002. Em 2009, teve algumas alterações com a Resolução nº 1890/2009, que finalmente foi substituída pela Resolução nº 2107/2014, a qual de fato normatizou a telerradiologia da forma que conhecemos hoje, como sendo um suporte às atividades médicas, já que “ela envia dados e imagens radiológicas com o propósito de emissão de relatório”. O documento estruturou quais seriam as regras para o compartilhamento de dados, sua confidencialidade, assim como a necessidade do radiologista dispor de informação e qualidade de imagem suficientes para realizar um diagnóstico preciso.

Outro tema que trouxe destaque à telerradiologia foi a aprovação emergencial de demais atividades de telemedicina durante a pandemia para atuar no controle do Coronavírus, em especial a teleconsulta. As consultas médicas virtuais cresceram em todo o mundo e foram impulsionadas em nosso país atualmente, quando o Ministério da Saúde autorizou temporariamente o teleatendimento médico através da Portaria nº 467, de 23 de março de 2020. Desse modo, uma atividade auxilia a outra neste momento em que médicos e pacientes precisam de respostas ágeis e seguras.

De acordo com artigo publicado pela Brasil Telemedicina – empresa responsável pelo Laudo24hs, é notável que o mercado global de telemedicina está cada vez mais ganhando impulso. O último relatório da Fortune Business Insights afirma que o tamanho do mercado de saúde digital era de US$ 41,63 bilhões em 2019, teve crescimento de cerca de US$ 79,79 bilhões em 2020 e, em 2027, projeta-se que chegue a valer US$ 396,76 bilhões.

Leia também: Telemedicina é liberada para apoio ao combate do Coronavírus

Os principais exames remotos para diagnóstico e controle do Coronavírus

Inicialmente, a Covid-19 era entendida como simplesmente uma doença pulmonar. Hoje, sabe- se que ela se caracteriza por uma resposta inflamatória sistêmica que pode prejudicar não só os pulmões, como também o coração, os rins, o fígado e até o cérebro.

Para o diagnóstico do Coronavírus, as radiografias e tomografias conquistaram importância ímpar, sendo que a tecnologia de imagens tem sido um meio de se salvar vidas, visto que a radiografia pode ser obtida rapidamente e, por meio de laudos de exames virtuais, o processo se torna ainda mais ágil.

Cabe ressaltar que, até mesmo para os pacientes pós-Covid, a avaliação pulmonar através de tomografia, espirometria e a avaliação médica cardiológica, com o Eletrocardiograma, são potencialmente úteis na detecção e tratamento de possíveis sequelas. Confira, então, os principais exames que laudamos para auxiliar no diagnóstico de Coronavírus e tratamento de consequências que podem acometer o organismo após o quadro de infecção.

1. Raio-X de Tórax

A radiografia desempenhou um papel fundamental no gerenciamento da pandemia de Covid-19.  Entre as vantagens do Raio-X estão o baixo custo e a versatilidade, principalmente em um ambiente dominado pela preocupação com o controle de infecções, com necessidade de atendimento e diagnósticos rápidos.

Realizar radiografias de tórax em adultos diagnosticados com Covid-19 que chegam à emergência de hospitais pode ajudar os médicos a prever quem tem mais riscos de desenvolver complicações graves.

Nosso tempo de laudo para esse exame é de até 60 minutos.

2. Tomografia

Uma vez que o vírus tem como alvo principal o sistema respiratório, imagens de tomografia computadorizada do tórax tem desempenhado um importante papel na detecção de pneumonia em pacientes considerados altamente suspeitos, na avaliação da magnitude da pneumonia, além do acompanhamento da evolução do quadro respiratório em pacientes com confirmação laboratorial da Covid-19.

Neste cenário, a tomografia computadorizada se mostra como sendo uma aliada fundamental dos profissionais da saúde e dos pacientes, pois seus resultados contribuem de forma determinante no direcionamento precoce da conduta médica dos pacientes.

Nosso tempo de laudo para esse exame é de 2 a 3 horas.

3. Espirometria

Estudos apontam que o pulmão é o órgão mais atingido pela doença e, portanto, necessita de cuidado atento. Portanto, é importante o acompanhamento de um médico pneumologista para avaliar a gravidade do comprometimento pulmonar.

A espirometria, também conhecida como exame de sopro, avalia as condições do pulmão e ajuda a identificar o quadro de saúde do paciente. O primeiro segundo no exame é responsável por sinalizar algum problema obstrutivo ou restritivo nesse paciente, já que 80% de todo ar expirado é liberado nesse período. Os parâmetros da espirometria que indicam o estado de saúde pulmonar mais avaliados geralmente são a capacidade vital forçada, o volume expiratório no primeiro segundo e o índice Tiffeneau, que é o cálculo do volume respiratório forçado no primeiro segundo sobre a capacidade vital forçada.

Nosso tempo de laudo para esse exame é de até 60 minutos.

4. ECG – Eletrocardiograma

O coração também é um dos alvos do Coronavírus, especialmente em casos graves na fase aguda, que como consequência pode levar à falta de ar, assim como ocorre em problemas envolvendo o pulmão.

Uma vez que não é possível para o paciente identificar sozinho as causas de uma dificuldade em se realizar determinados esforços que antes eram feitos sem nenhum comprometimento – seja por uma limitação respiratória, fraqueza muscular ou por um problema cardiovascular, é fundamental realizar exames e acompanhamento médico especializado pós-infecção pelo vírus.

Segundo artigo publicado na Nature, os principais sintomas persistentes do Coronavírus no coração são a palpitação e a dor no peito, que podem indicar sequelas de longo prazo, como a fibrose miocárdica, arritmias, e miocardite, problemas constatados, além da consulta médica, por exames como o eletrocardiograma.

Nosso tempo de laudo para esse exame é de 10 a 60 minutos.

Leia também: 6 vantagens dos laudos médicos online

Realize os telelaudos com nossa equipe

Você quer ganhar agilidade no diagnóstico de seus pacientes, garantir que os exames sejam laudados por especialistas e a um custo-benefício positivo? Queremos levar até você nossa experiência de laudo de exames a distância e te mostrar, na prática, que mais que ganho de tempo e economia, você estará investindo em respostas rápidas e concretas para salvar vidas!

Fundado em 2010 pela Brasil Telemedicina – empresa de desenvolvimento de soluções em telessaúde, o Laudo24hs já ultrapassou o marco de 8 milhões de interações médicas, integrando know-how e ética à nossa missão de ser o suporte de pacientes, médicos, hospitais e clínicas de qualquer lugar do país. Estamos presentes em todos os estados da nação, sendo líderes no setor, através do constante investimento em alta tecnologia e em profissionais qualificados para os laudos de exames remotos.

Clique aqui para entrar em contato com nosso time e começar a utilizar nossos serviços agora mesmo!

Brasil Telemedicina

Autor Brasil Telemedicina

Mais artigos por Brasil Telemedicina

Deixe uma resposta

WhatsApp chat












 
close-link